Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Administração Machadinhense implanta sistema de inseminação artificial comunitária

Compartilhe:
Administração Machadinhense implanta sistema de inseminação comunitária

Por meio de uma iniciativa da Administração Municipal Machadinhense, o sistema de inseminação artificial será oferecido de forma pulverizada, ou seja, botijões de sêmen serão distribuídos a produtores em determinadas regiões do município.
Em um primeiro momento a comunidade contemplada foi a de São Miguel. O botijão ficará sob os cuidados do produtor Isaias Pelicer, o qual detém formação para efetuar as inseminações. “O produtor Isaias Pelicer, que vai ser o rapaz que vai o rapaz que vai proceder as inseminações, tem curso e está muito bem capacitado”, comenta o Prefeito Hamilton Lauer Centeleghe.
De acordo com o prefeito, a iniciativa amplia a abrangência e a rapidez no atendimento de um programa que já é conceituado no município. “É um programa muito bem visto; disponibiliza material de qualidade, sêmen convencional e sexado. A qualidade é excelente e o resultado é melhor ainda”, enfatiza Hamilton.
Para o produtor Nelson Berdiato, a comunidade deve servir de exemplo e demonstrar bons resultados aos demais produtores do município para que o sistema seja implantado em outras localidades. “Que o povo ganhe com isso. Que seja de bom proveito e que a gente possa mostrar para outras comunidades que é uma coisa muito boa que a gente recebeu”, destaca.
Também relacionando essa possível expansão no programa, o prefeito Hamilton agradece as entidades que atuaram no sentido de apoiar e permitir que essa ideia se tornasse realidade. “Esse ato vem de uma parceria de muitas entidades representadas por pessoas com os pés no chão. Quero parabenizar o nosso secretário de agricultura, o nosso médico veterinário Gaspar, que se preocuparam com um atendimento melhor e mais rápido. A demanda acontece durante todo o dia e em vários locais, muitas vezes é impossível estar em dois ou três locais ao mesmo tempo”, analisa Hamilton.
São Miguel foi a primeira comunidade a ter o serviço diferenciado sendo disponibilizado, porém outras regiões também devem ser atendidas no decorrer da administração.

Por meio da Secretaria de Agricultura, a Administração Municipal Machadinhense firmou uma parceria público-privada que deve ser responsável por uma maior eficácia no sistema reprodutivo do rebanho bovino do município. O Secretário de Agricultura Renato Darci de Oliveira comenta a forma como funcionará o programa.
“A gente acabou de fazer um repasse de um botijão de sêmen contendo: luvas; bainha; aplicador; régua para medir o nitrogênio; sêmen – tanto das raças Holandês e Gersey como de raças de corte”, declara Renato.
“Estamos repassando esse botijão para a comunidade pela questão de logística entre inseminação da secretaria mais da comunidade”, comenta Renato sobre a justificativa em relação à implantação do sistema. “A secretaria vai estar fazendo o mesmo trabalho que vinha fazendo na comunidade. Caso ele (Isaias) não puder fazer, a secretaria vai estar se colocando a disposição para fazer inseminação da própria comunidade de São Miguel e Três Pontes”, acrescenta o secretário.
No que se refere ao custo que os produtores terão para acessar as inseminações com o inseminador comunitário, Renato afirma que a cobrança pelas doses de sêmen é a mesma que a realizada pela Prefeitura, porém o trabalho do inseminador será combinado com o mesmo em reunião entre os membros da comunidade. “O custo é o mesmo, porém, vai ter um custo do produtor acertado em reunião na comunidade com o Isaias Pelicer”, declara Renato. O custo de cada dose fica entre R$ 15,00 e R$ 20,00.

Deixe seu comentário: