Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Machadinho organiza turismo ligado à erva-mate

Compartilhe:
Machadinho_Reuni_o_Comit__Erva-Mate_-_Ilvandro_Barreto_de_Melo

Turistas que visitarem Machadinho terão oportunidade de conhecer as questões históricas e tecnológicas que envolvem a cadeia da erva-mate no município. Isso é o que está buscando o Comitê de Turismo com Erva-mate do Polo Ervateiro do Nordeste Gaúcho, em Machadinho. Na quinta-feira (19/12), integrantes do Comitê, composto pela Emater/RS-Ascar, conveniada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Secretaria Municipal do Turismo e Associação dos Produtores de Erva-Mate de Machadinho (Apromate), estiveram reunidos na sede da Apromate e elencaram as potencialidades que serão trabalhadas e levadas até os turistas, em forma de atração, do Roteiro Turístico que está sendo organizado.

De acordo com o Comitê, temas como o contexto histórico, tecnológico e científico, a narrativa sobre o desenvolvimento da 1ª progênie biclonal de erva-mate do Brasil, a cultivar Cambona 4, a agroindustrialização e a inserção do mate relacionado a uma vida saudável, além das belezas naturais, o lazer e o conforto das águas termais, farão parte das atrações apresentadas aos turistas, no Roteiro do Polo Ervateiro do Nordeste Gaúcho, em Machadinho.

“Esse Roteiro que está em fase de organização, juntamente aos demais quatro Polos Ervateiros, que também estão planejando seus roteiros, fará parte da Rota da Erva-Mate, que integrará o mate aos potenciais turísticos do Estado em seus cinco polos”, explica o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Bruno Menegussi. Ele reforça que a erva representa uma cultura importante do ponto de vista e econômico e social para Machadinho. “Hoje já existe um turismo para conhecer a tecnologia e a ervateira, o objetivo é qualificar estes atrativos”, destacou Menegussi.

De acordo com a extensionista rural social da Emater/RS-Ascar, Luciana Gobbi, as ações estão sendo trabalhadas em consonância com a equipe Municipal da Emater/RS-Ascar, do Conselho Municipal de Turismo e do Comitê do Polo Ervateiro. “Realizamos juntamente com a equipe municipal as visitas técnicas para avaliação de alguns empreendimentos que atuam na área do Turismo Rural. O município de Machadinho já recebe turistas, em função das águas termais, e isso é um ponto, e também já existe a visitação em relação ao polo”, disse Luciana, falando sobre o processo de organização que está em andamento. “O próximo passo é reunir os agricultores, empreendedores e comunidade para confirmar a adesão na Rota que está sendo pensada, tendo a erva-mate como atrativo principal”, contou.

Para a presidente da Apromate, Selia Felizari, a reunião foi “extremamente importante. Podemos dizer que avançamos muito na construção e planejamento das ações. Entendemos que o objetivo do encontro foi também de fortalecer ainda mais as parcerias com a Emater Regional, Emater local, Secretaria de Turismo e Apromate”, avaliou. O gerente da indústria ervateira Cambona, Altair Rufato, relatou a importância e o espaço que o turismo vêm ganhando no município. “A comercialização de erva-mate tem sido maior para turistas do que para o próprio mercado local”, acrescentou.

Deixe seu comentário:

Publicidade:

Machadinho Thermas Resort Spa

Machadinho Thermas Resort Spa