Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Machadinho: Primeiro caso de dengue autóctone é registrado no município

Compartilhe:
dengue

dengue

Segundo informações coletadas junto ao departamento vigilância epidemiológica, no dia 10 de junho, um homem procurou a Unidade Básica de Saúde e durante o atendimento médico, devido aos sintomas – dor de cabeça e nas articulações – houve a suspeita. Então, foi solicitado o teste para a dengue e o resultado foi positivo para a doença. Neste caso, o paciente passou a doença com sintomas considerados leves e já está bem.

Ao mesmo tempo, o departamento responsável pelos trabalhos à campo foi comunicado e de imediato fez a delimitação de foco, que foi realizado em um raio de 150 metros, em torno da residência do homem, localizada no Bairro Novo Horizonte. Todas as casas do bairro e do entorno foram visitadas pelas agentes, onde foram coletadas amostras. A grande maioria desta deram negativas, porém, algumas deram positivas para a larva do mosquito Aedes Aegypti.

Como o paciente não havia viajado e nem saído da cidade, a dedução é de que a doença foi contraída dentro do município, tornando-se este, o primeiro caso autóctone de dengue em Machadinho.

A secretaria de saúde através do departamento responsável, realiza diariamente os trabalhos de verificação e conscientização, a não ser em dias de chuva. Inclusive, está em andamento o LIRAa (Levantamento de Índices Rápidos de Infestação do Aedes aegypti). Após o recolhimento, as amostras e os boletins de campo, são enviados para Coordenadoria em Passo Fundo, onde os materiais são analisados e avaliados e após, os resultados são enviados ao município. Com estes resultados a secretaria delimita os locais com a presença das larvas e do mosquito e trabalha para que não ressurjam focos nestes locais.

É de extrema importância, que os moradores e proprietários de áreas, realizem o dever de casa. Obviamente, todo e qualquer trabalho realizado pela municipalidade, não será suficiente. Eliminar a água parada e consequentemente os focos de larvas de mosquitos em geral, é DEVER DE TODOS. O PERIGO É EMINENTE.

Ouça:

Por: Paul da Rosa
Fonte: Rádio Club FM 96.7

Deixe seu comentário:

Publicidade: