Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Tradicionalistas discutem ações para construção de CTG em Machadinho

Compartilhe:
Tradicionalistas discutem ações para construção de CTG em Machadinho 01

Representantes dos piquetes de laçadores de Machadinho estiveram reunidos ontem à noite, no Parque de Exposições Alcides Amadeu Meassi para discutir ações que viabilizem a construção de um CTG (Centro de Tradições Gaúchas).
Na oportunidade, também esteve presente o prefeito municipal Alcir Grison, que depois de conversas com os patrões dos CTGs e secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Norberto Salvador, anunciou a implantação da obra com utilização de materiais a serem retirados do antigo colégio agrícola. Também em comum acordo, foi definido que o CTG será construído junto ao Parque de Rodeios Alcides Mendes de Araújo.
Representante do CTG Rancho Crioulo, Adelar Menetier destacou que a comunidade está unida em prol desse objetivo. “Os CTGs e todas as comunidades estão engajados para que aconteça esse CTG. Vai ser aproveitado aquele colégio agrícola – que está lá se deteriorando – para fazer esse CTG, que vai ser para toda a comunidade machadinhense”, comentou em entrevista ao Jornal da Club.
Manifestando a mesma linha de pensamento que Menetier, Alceu Grison, representante do CTG Porteira da Amizade, citou a necessidade de a sociedade estar unida para que o objetivo comum possa ser alcançado. “Não são só os CTGs, não é só a Administração Municipal, a gente vai conclamar toda a comunidade. Nós vamos fazer busca de doações, partilhas entre toda a comunidade, porque é uma obra que vai beneficiar a todos”, disse, citando entidades que se beneficiarão do local.
Para Tiago Escorteganha, representante da Cabanha Sabiá, a construção do Centro de Tradições Gaúchas é a realização de um sonho de todos que cultivam e preservam a cultura gaúcha. “É a realização de um sonho de todos os tradicionalistas do nosso município. É uma construção que vem só somar, que não apenas os CTGs vão poder usufruir. Quem precisar fazer um aniversário, um casamento, qualquer entidade vai poder usufruir”, comentou.
Na concepção de Sidnei Lopes de Lima, representante do CTG Tauras do Laço, essa vai ser uma obra importante para que a sociedade disponha de local adequado para a realização de diversas atividades. “É uma obra que estava faltando, e muito, para a nossa comunidade, não só para os CTGs. Porque não vão ser beneficiados somente os CTGs, é a comunidade inteira: a Terceira Idade vai poder usar; nós temos a invernada, da qual a minha filha participa – quando tem evento, quando tem os ensaios de danças, nós vamos num local que nem é apropriado para fazer os ensaios. E isso agora nós vamos ter. Vai ser dado mais incentivo à cultura, ao tradicionalismo – que é muito bonito”, destacou. “Eu fui criado dentro do CTG. Meu pai foi fundador do CTG e sempre gostou também. E aonde a gente vai, em eventos de tradicionalismo, existe respeito, as famílias se divertem, sem nenhuma rixa de nada, e isso é muito importante”, finalizou Sidnei.
Estiveram presentes representantes de todos os CTGs com atividades no município: 20 de Setembro, Porteira da Amizade, Rancho Crioulo, Cabanha Sabiá, Tauras do Laço e Recordando a Tradição.

Tradicionalistas discutem ações para construção de CTG em Machadinho

Deixe seu comentário:

Publicidade:

Machadinho Thermas Resort Spa

Machadinho Thermas Resort Spa